quinta-feira, outubro 19, 2006

Parangonas

Podemos congratular-nos com a recente proliferação de gazetas e pasquins, alguns deles gratuitos outros com aspirações a semanário de culto...


Não! São tão beras que assustam. O ponto positivo é que dão que escrever qualquer coisa aqui e ali.

Eu até era para estar sossegadinho, ontem estive em arrumações (isto de ter visitas tão ilustres faz-nos aprimorar as coisas) e não houve oportunidade de preparar nada para postar.

Aqui vão as parangonas que me movem hoje:


Bebem cada vez mais, fumam, trabalham, são independentes. Isto tudo pelo "desejo de serem iguais aos homens" Qualquer dia dão em fornicar. Espera! Mas já...

Shyz e FuckIt, esta deve ser do vosso apreço... Quem é que deixa a pena nas mãos desta gente?

4 comentários:

Womenage disse...

Desculpa lá mas coisas deste calibre merecem uso de palavrado condizente. Fornicar é mal empregado...

Jonas disse...

Nesta casa não se quer aborrecer os censores da rede. :P

Anónimo disse...

Quem assina a peça só pode ser imbecil. Quem é que lhe disse que as mulheres tem "desejo de serem iguais aos homens"? Esta mania de os jornalistas tirarem conclusões... Posso também eu concluir que os homens portugueses são, na sua maioria, alcóolicos?
O gajo ou gajo que escreveu a peça devia ter uns copos a mais.
M

Jonas disse...

Gaja, de facto. Srª Dª Carla Marina Mendes (cmendes@destak.pt).

É deixar-lhe um mailzito... eh eh